segunda-feira, 15 de abril de 2013

terça-feira, 6 de novembro de 2012

ENDEREÇO


Adicionar legenda
A LIVRARIA E LOCADORA ELYON ESTA ANEXO A CASA PASTORAL DA IGREJA BATISTA INDEPENDENTE DE ESPUMOSO-RS NA RUA INDEPENDÊNCIA-82, SÃO SEBASTIÃO.

segunda-feira, 19 de março de 2012

ELES PODEM CRITICAR UMA DECISÃO DA NOSSA PRESIDENTA E NOS NÃO PODEMOS EXPRESSAR NOSSA OPINIÃO BASEADA EM ENSINAMENTOS BÍBLICOS QUE NOS MANDA AMAR A TODOS INCONDICIONALMENTE MAS TAMBÉM MANDA FALAR A VERDADE AOS QUE ESTÃO INDO CONTRA OS ENSINOS DE CRISTO!!!!E NÓS QUE SOMOS HOMOFÓBICOS!!!E INTOLERANTES????

Quanto ao Troféu Pau de Sebo, explica o historiador Marcelo Cerqueira, presidente do Grupo Gay da Bahia, no texto oficial da premiação, a ideia é aproveitar uma tradição irreverente do folclore brasileiro para mostrar "o ridículo de ser inimigo dos LGBTs". - Por mais que queiram espezinhar os gays e destruir o movimento de libertação homossexual, nunca chegam a seu objetivo, caindo e se lambuzando no pau de sebo da intolerância. Em entrevista a Terra Magazine, o fundador do GGB, o antropólogo Luiz Mott, lamentou o fato de Dilma Rousseff ocupar o primeiro lugar dentre os "contemplados" com o Troféu "Pau de Sebo". Nunca antes um presidente ganhou a "honraria". "Ela foi escolhida por conta da falta de políticas públicas (para LGBTs) e por ter vetado o kit anti-homofobia (do Ministério da Educação)", justificou.

NOS EVANGÉLICOS NÃO PODEMOS NEM FALAR DOS GAYS MAS ELES PODEM ATÉ DAR TROFÉU PARA OS SEUS "INIMIGOS"AI SE VÊ A DESIGUALDADE QUE ELES QUEREM IMPOR!!!

Troféu Pau de Sebo aos inimigos dos gays-LGBT 1. Presidenta Dilma, pelo veto ao Kit anti-homofobia Escolar, deixando de capacitar mais de 6 milhões de estudantes em defesa da cidadania LGBT e contra o bullying homofóbico 2. Alexandre Padilha, do Ministério da Saúde, pelo veto ao filme de prevenção da Aids para gays no carnaval 3. Religião: Bispo D. Luiz Gonzaga Bergonzinie, Guarulhos-SP, por opor-se ao kit anti-homofobia e contra o PL 122, que criminaliza a homofobia; Padre Antônio Caiciliotti, Londrina-PR, por defender que a homossexualidade é um desvio e anormalidade da natureza; Psicóloga batista Marisa Lobo, PR, por defender a "cura" de homossexuais. 4. Parlamentares: por declarações homofóbicas, projetos ou vetos contra a cidadania LGBT: Senadores Marcelo Crivella, PRB-RJ; Magno Malta, PR-ES; Deputados Federais: João Campos PSDB-GO; Ronaldo Fonseca, PR-DF; Marco Feliciano, PSC-SP; Anthony Garotinho, PR-RJ; André Zacarov, PMDB-PR; Lauriete, PSC-ES; Acelino Popó, PRB-BA; Salvador Zimbaldi, PDT-SP; Áureo Moreira Ribeiro, PRTB-RJ; Deputados Estaduais: Zequinha Marinho, PSC-PA; Ronaldo Fonseca, PR-DF; Vanderlei Miranda "PMDB/MG); João Leite "PSDB/MG); Myrian Rios, PDT-RJ; Washington Reis, PMDB-RJ; Marcelo Aguiar, PSC-SP; Vereadores: Carlos Bolsonaro Filho, PP-RJ; Cristóvão Gonçalves, PSDB-S.José dos Campos, SP; Carlos Apolinário, DEM-SP; Jadson do Bonsucesso Rodrigues, PDT-Caeté, MG; Educarlos Lourenço, Porto Murtinho/MS 5. Câmaras Municipais: Teixeira de Freitas, Ba; S. José dos Campos, SP; S.Pedro da Aldeia, RJ; Niterói, RJ; Prefeito José Renato, PMDB-Barra Mansa, RJ, pela aprovação de leis, vetos ou moções homofóbicas contrárias à cidadania LGBT; Partido Social Cristão por propaganda eleitoral discriminatória à população LGBT, contrária à decisão do STF sobre a união gay e contra o kit-anti-homofobia. 6. Justiça: pela oposição à igualdade de direitos e cidadania dos homossexuais: Juiz de Direito Maurício Alves Duarte, da 11ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Porto Alegre, RS; Juiz e Pastor da Assembléia de Deus Jerônimo Vilas Boas, corregedor de Goiânia por ter anulado, em vão, a primeira união gay do Brasil. 7. Personalidades: Marcelo Serrado ("Crô" na novela Fina Estampa) e travesti Rogéria, por se declararem contra o beijo gay na televisão; lutador Antônio Rodrigo Minotauro, por afirmar que não treinaria um aluno gay; Chanceler da Universidade Mackenzie, SP, Augustus Nicodemus Lopes por declarar-se contrário à lei contra homofobia e defender que "ensinar e pregar contra a prática do homossexualismo não é homofobia"; Psicanalista Flávio Gikovate, por divulgar teses homofóbicas e machistas, defendendo terapias de reversão da homossexualidade; Jeferson Thiago, presidente do Diretório Central dos Estudantes da Universidade Regional de Blumenau, SC, por estimular práticas homofóbicas. 8. Cartórios de João Pessoa, pela recusa de oficializar a união estável entre pessoas do mesmo sexo. 9. Torcida do Palmeiras por exibir no estádio a faixa "Homofobia veste verde" 10.Gafieira Estudantina, RJ, por proibir dançar mulher com mulher. Veja também:

O BRASIL É DO SENHOR JESUS!!!

MISSÕES UMA PRIORIDADE!!!!

UNA-SE A NOS NESTA CAMPANHA PELO "IDE "DE JESUS!!!!

sexta-feira, 30 de setembro de 2011